As 1001 dicas do Tio para pedalarem felizes-6

Dica 6

A não ser que tenham uma sorte incrível, eventualmente vão ter algum problema mecânico na bicicleta. E, de forma a evitar irem a pé para casa, existem ferramentas.

Vamos então dar uma vista de olhos ao meu conjunto de ferramentas habitual.

Para já, sim, sei que pode ser um bocado exagerado. Mas como geralmente ando com bicicletas antigas, mais vale prevenir, do que ir a pé.

ferramentas grande

1- Câmara de ar. Convém não estar furada ou mal remendada. E, claro, convém ser do tamanho correcto.

2- Alavancas para retirar pneus. Já tentaram tirar pneus sem ferramentas? Ou com colheres do café mais próximo? Pois. Estas são de metal, o que quer dizer que não se vão partir quando mais precisares delas.

3- Ferramenta multi da Park Tools. Meti-lhe um mosquetão para a pendurar à cintura. Dá sempre jeito ter chaves deste tipo à mão.

4- Chave inglesa pequena. Serve para muitas porcas. E desempena dentes de pedaleira também!

5- Multi-usos Topeak. Milhares de chaves sextavadas, quebra correntes miniatura, chave de fendas e phillips. Uma maravilha. Ah, e tem também alavancas de pneus (em plástico) e chave de raios.

6- Conjunto de remendos. Quando a câmara de ar falha, ou tens dois furos, ou tens tempo e apetece-te remendar o furo a ver a paisagem.

7- Leatherman Crunch. O nome parece de um chocolate mas é mesmo um alicate de pressão miniatura. Dá sempre jeito. Ah, e também tem abre-latas, saca caricas, faquinha, etc etc etc.

8- Chave 8/10. Sempre precisas para travões, para-lamas, porta-bagagens…

9- Chave 8/10. Ok, se calhar ando com uma chave repetida. Sou eu que carrego o peso.

10-Chave 9 /chave de raios- A chave 9 dá sempre jeito para desviadores. A chave de raios, para dar aquele jeitinho.

11- Chave de raios a sério. (Park Tools)

12- Quebra correntes a sério. (Park Tools)

Falta na fotografia uma bomba. Com tanta escolha, a bomba fica para uma próxima dica.

 

Sem Comentários

Publicar um Comentário